domingo, 10 de julho de 2016

RESENHA: FLIP 2016

Oi pessoal!
Depois uma semana do evento, venho aqui falar da FLIP 2016 para todos vocês.

A homenageada deste ano foi a carioca Ana Cristina Cesar (02/06/1962 - 29/10/1983), formada em Letras pela PUC-RJ, um dos grandes nomes da poesia marginal. Uma de suas poesia de destaque é intitulada "A teus pés".

No primeiro dia (29/06), encontramos logo na chegada os cantadores de cordel da Paraíba Querindina e Macambira, que frequentam a FLIP há nove anos. Assisti à sessão de abertura, com Armando Freitas Filho, poeta, e Walter Carvalho, fotógrafo e cineasta. A mediação foi de Eucanaã Ferraz. Os dois falaram sobre si e sobre a homenageada. Depois, foi passada a longa metragem feita por Walter sobre Armando Freitas Filho chamado "Manter a linha da cordilheira sem o desmaio da planície", filmado durante sete anos.

No segundo dia (30/06), começou a Oficina de Escrita Criativa no Sesc Paraty, ministrada por Noemi Jaffe, escritora, professora e crítica literária. Gostei muito de ter participado nesses três dias (30/06, 01/07 e 02/07), pois aprendi muitas coisas novas para melhorar minha escrita cada vez mais. Além do fato de eu ter conhecido muitas pessoas novas, como o L. F. Del Bosco, que também tem um blog de leitura e escreveu sobre a Flip! Vejam clicando aqui mesmo.
Também no segundo dia, assisti à mesa "Matéria Cinzenta", com o neurocirurgião britânico Henry Marsh e a neurocientista Suzana Herculano-Housel. Foi a melhor mesa que assisti, gostei muito da temática. Por isso, comprei o livro escrito pelo Marsh: "Sem causar mal: histórias de vida, morte e neurocirurgia", onde ele conta as histórias de sucessos e insucessos no seu trabalho. Logo após, entrei na fila e ganhei o autógrafo:
"For Mariene                                              "Para Mariene
Good luck with the writing!    ---------->   Boa sorte com a escrita!
Henry Marsh"                                             Henry Marsh"
Quando fui comprar o livro, encontrei a jornalista Mara Luquet, comentarista de economia do programa GloboNews em Pauta e da rádio CBN, que estava comprando o mesmo livro e iria para a mesma fila que eu. Falei que meu pai era muito fã dela, sem mencionar que eu era escritora. Depois que ela pegou o autógrafo, mostrei meu pai e a surpreendi com dois exemplares do meu segundo livro autografados: um para ela e outro para o apresentador do Em Pauta, Sérgio Aguiar. Ela ficou muito feliz e tiramos uma bela foto. Mas não parou por aí! No programa de terça (05/07), ela mostrou meu livro!!! Agradeço eternamente pela mega divulgação!!! Clique aqui mesmo para ver.

No terceiro dia, apenas participei da oficina.

No quarto dia, foi o final da oficina. Tiramos uma foto coletiva e presenteei meus dois livros para a Noemi Jaffe. Saindo de lá, encontramos as amigas Eliane Pimenta, escritora e diretora da minha querida Escola Arte Parlendas, no Parque Anchieta (Rio de Janeiro - RJ) e Marcinha Fernandes, professora. Além disso, participamos de uma concentração para a saída do presidente interino e golpista Michel Temer. Nessa união de pessoas por um causa única, conheci Rui Grilo e sua esposa Marilza. Ele teve sua trajetória ligada à área de leitura em São Paulo, onde teve o prazer de conviver com o grande educador Paulo Freire. Outro encontro especial foi com a escritora, poetisa e professora Conceição Evaristo, uma das grandes defensoras das mulheres negras, gostei muito de conhecê-la!

No quinto e último dia, encontrei minha amiga contadora de histórias Silvia Castro, do Rio de Janeiro, e a amiga poetisa Iza Saraiva, de Santa Catarina. Também tirei foto com o escritor Paulo Cavalcante, de Campina Grande (PB).

Todas as fotos estão na aba FLIP do blog.

Abraços, Mariene Lino!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar seu comentário, ele irá direto para avaliação. Obrigada!!!